sábado, 23 de fevereiro de 2013

Diário de Viagem Entrevista - Vamos para a Coréia do Sul?

A Coréia em alta!

Com a popularidade crescente da cultura pop coreana  no mundo todo, a Coréia do Sul chega a receber quase 1 milhão de turistas mensalmente. O recorde foi batido em 2012, ano no qual o país acolheu mais de 10 milhões de estrangeiros. E sem dúvida nenhuma, o país tornou-se um dos destinos preferidos dos japoneses. Em 2011, 34% dos turistas eram provenientes do Japão, seguidos de 27% de chineses. E não é para menos. A Coréia começou a investir pesado no turismo local, prova disso é o crescimento da cidade de Incheon, localizada a 28km da capital Seul que criou uma infra-estrutura para competir de frente com grandes centros de entretenimento como Las Vegas e Dubai. Não podemos deixar de mencionar também o avanço exponencial no setor da tecnologia com nomes fortes como Samsung e LG liderando o mercado mundial em vários setores deixando para trás marcas tradicionais como a Sony por exemplo.

A Coréia do Sul também se popularizou por seus cosméticos, altamente disseminados nos últimos anos. Várias marcas expandiram o mercado com filiais na Europa e América, tornando assim a Coréia conhecida mundialmente como país referência no que se diz respeito à industria cosmética.

Silvia e eu já planejamos umas 500 vezes visitar a Coréia mas acabou que nunca deu certo (por enquanto hehehehe). E para conhecer um pouquinho mais deste destino tão intrigante, o
Diário de Viagem Entrevista traz hoje uma convidada muito especial: a Makie. Conheci a Makie nos comentários do nosso primeiro Diário de Viagem, no qual ela contou brevemente sobre a sua experiência de viagem. Não pensei duas vezes e a convidei para dar uma entrevista para nós, convite este que ela aceitou prontamente.
A Makie mora no Japão há 17 anos e assim como nós, ama viajar! Vamos conferir as impressões dela sobre a Coréia do Sul?

Avenida Itaewon Dong


Clube da Nécessaire: Makie, quando e como você decidiu viajar para conhecer a Coréia? Era um lugar que estava nos seus planos há muito tempo?
Makie: Bom eu adoro novelas coreanas e K-Pop, então,  num belo dia decidi que iria e pronto, falei pro meu marido e ele concordou! Nesse dia mesmo comecei a pesquisar em com realizar esta viagem. A Coréia do Sul sempre me despertou curiosidade pelas novelas e também por ter lido um livro que falava muito bem do país.



Estação de Seoul
Clube da Nécessaire:Como foi fazer o planejamento da viagem? Você fez tudo por conta ou procurou alguma agência?
Makie:Planejei tudo sozinha. Primeiramente entrei em vários sites de viagens e pesquisei preços. Por fim achei o preço da HIS mais interessante, o procedimento para comprar as passagens foi todo feito pelo site, eles têm pacotes com o hotel mais o transporte que nos leva do aeroporto ao hotel. Os hotéis são classificados em três tipos (eu escolhi o intermediário) e achei o lugar ótimo. Não peguei pacote com guia mas também tinha, no meu caso eu preferi estar livre e escolher os locais que iria visitar. (Mas há guias uniformizados nas ruas e que falam vários idiomas!)

Nosso Hotel -  Best Western Premier Deoul Garden: muito bom, quarto confortável e espaçoso, o banheiro também muito espaçoso, com local para se maquiar e tudo mais!
Clube da Nécessaire:Como foi a viagem em si? O que você achou da cidade? Pontos turísticos?
Makie:Embarcamos no aeroporto de Haneda, trocamos yenes por won em Haneda mesmo. Ao chegarmos em Seoul já tinha uma pessoa da HIS nos esperando e nos levou até o hotel. Ele ajudou a  fazer o check-in e depois nos deixou no Lotte (um shopping). A partir daí tudo por nossa conta! Bom eu sou uma pessoa muito organizada, rs,  antes de viajar comprei uma revista sobre Seoul e escolhi onde queria ir, fiz os trajetos do metrô e tudo mais, com isso preparado soubemos nos locomer muito fácil pois o sistema do metrô lá é tudo por número então não tem erro!

Dentro do metrô
Minha impressão sobre a cidade: Seoul é uma mistura de Brasil e Japão! Seguro como o Japão,  educação e trânsito igual ao Brasil, rs. Bom vamos ressaltar que é a MINHA impressão! Achei a maioria das pessoas muito mal educadas, vendedor mal te atende e faz cara feia se você não compra, rs. Houve um episódio de eu querer comprar uns brincos (super baratos) e a atendente no celular  conversando e não me atendia! Quando tentei perguntar algo ela me enxotou, (risos), imagine a cena! Mas claro por exemplo no Outback e em lojas dentro dos shoppings o atendimento ótimo.
Sobre lojas é como no Japão:  Zara, Uniqlo, Gap, etc. Preços parecidos com do Japão! Fora isso, temos as lojas locais, que foram as que mais entrei! Além de metrô, utilizamos táxi também, com a revista/guia na mão é fácil pedir né! O valor do táxi é mais barato que no Japão!

Pontos turísticos: como disse anteriormente, eu selecionei pela revista e fui verificando o trajeto do metrô até o ponto para não perder tempo! Fui em quase todos, alguns acabei não indo porque você anda o dia todo e quando chega à noite não consegue mais andar, rs!

Algumas dicas para passeio:
  • Museu Nacional da Coréia do Sul
  • Seoul Florest (parque)
  • Palácio Changdeonkgung que é onde fica o jardim secreto Biwon
  • Seoul Tower
  • Akkujyondon: local onde é feito várias gravações de programas da Coréia.



 Seoul Station

 Chongechon e o rio de 5,8km  onde localiza-se o "Muro da Proposta"
 (lugar famoso para pedido de casamento rs)

Memorial de Guerra
Clube da Nécessaire: Sobre a culinária Sul-coreana, o que você achou? Comeu algum prato diferente?
Makie: Sobre culinária não sou uma boa pessoa pra falar. Confesso que não como de tudo então deixo a desejar para poder fazer algum comentário. Só posso dizer que quase passei fome, (risos), porque tudo lá é apimentado!!!! O único lugar que comi sem pimenta foi no Mc Donald's, rs. O Starbucks de lá também não achei legal, atendimento péssimo e achei o lanche ruim. O Outback é apimentado mesmo para mim, mas lá achei 3 vezes mais forte, mas devido a fome você faz um esforço! Seven Eleven entrava doida pra comer algo e pasmem: não tem nada a ver com o Seven do Japão! Saí com um suquinho. Porém, por exemplo no hotel havia um Barbecue Party com música ao vivo e tudo mais, um buffet incrível, meu marido adorou! Ou seja se você come de tudo não há problemas, é que eu quem sou chatinha pra comida mesmo!

Barbecue Party no Hotel



Clube da Nécessaire: Sabemos que a Coréia é conhecida por seus cosméticos, hoje, mundialmente famosos e amplamente divulgados. O que você achou da parte de cosméticos de lá? É barato? Você conseguiu comprar muita coisa?
Makie: Sim, lá em toda rua que você entrava tinha uma loja de cosméticos, porém se for comprar as marcas famosas o preço é o mesmo que daqui. 
Levei e comparei uma lista de preços, rs. Mas nas lojas de rua, marcas tipo Maybelline e Roc são mais baratas do que no Japão, fora que há muitas variedades de marcas coreanas com preços ótimos! Eu comprei muita coisa, principalmente de unha. Os famosos esmaltes seco da Incoco lá são uns 300 yenes e uma cartela aqui no Japão custa 1000 yenes (a melhor marca de dry nail na minha opinião).
Já que é pra falar em produtos coreanos não podemos deixar de falar nas máscaras faciais, lá é incrível a variedade e o preço maravilhoso! Não é a toa que invadiu o Japão! 
Marcas como Missha vale a pena lá, realmente é barato e também achei as coreanas com um modo de vestir muito bonito! Os vestidos e saias são delicados, elegantes. Até lingerie comprei lá, eram lindas!

Dicas para compras:
  • Avenida Itaewon dong para quem gosta de réplicas: após as 15:00 colocam as bancas nas calçadas e você pode comprar as imitações que não achar defeito, mas é assim tem que olhar as feias e chegar bem pertinho do vendedor e pedir a classe "AAA"   aí ele vai ver se não tem polícia e vai te levar ao local onde estão 
  • Bairro Tondemon: onde as lojas funcionam 24 horas, esse é legal, dia e noite pra gastar, rs
  • Bairro Myondong: bairro onde tem as lojas de cosméticos locais e farmácias
  • Bairro Nan dae mon: onde tem feirinha! Presentinhos, bugigangas é lá mesmo.


Clube da Nécessaire: Sobre a questão do idioma, foi tranquilo?
Makie: Uma coisa que ajuda muito é que na maioria dos locais você pode falar em japonês! Sem falar no inglês também! Então, problemas com comunicação praticamente não tivemos! Exceto em uma lojinha dentro dos corredores do metrô! Acreditem, a mulher tentou me enganar com o troco, ela pelo jeito só falava o coreano então já viu, rs! Foi no gesto mesmo, eu apontava a placa com o preço e questionava meu troco.... Enfim, depois dela tentar me enrolar duas vezes acabou devolvendo o troco direitinho e deu risada.
Usei praticamente o japonês nos shoppings e inglês nas ruas.




Clube da Nécessaire: Um momento inesquecível da viagem.
Makie:Quase todos hehehehe, viagem é tudo de bom né!
Passeio à noite no rio Banpodegyo fica todo iluminado,as pessoas passeando a pé, brincando, comendo, um happy hour familiar, achei muito legal. Vale ressaltar que por ser seguro a sensação de paz é maravilhosa.
Rio Banpodegyo (parece que é o rio que tem a maior fonte do mundo)

O mais legal lá e um bairro chamado Sangsu, ele é puro barzinho e cheio de estrangeiros e são barzinhos como no Brasil ao ar livre, música, etc., muito legal! Pra quem gosta de vida noturna eu recomendo!
Bairro dos barzinhos
Repare que existem vagas destinadas à mulheres nos estacionamentos

Clube da Nécessaire: Qual o próximo destino nos seus planos de viagem? Qual local você tem vontade de conhecer agora?
Makie:Próximo destino será provavelmente a França hehehe. Então já estou planejando! Já comprei revistas e tudo mais. Eu acho essa parte de planejar muito bacana! Compro um caderninho especial pra viagem e anoto todas as dicas que vou lendo, crio um guia personalizado, é muito gostoso!



♡♡♡♡♡Makie MUUUUUUUUITO OBRIGADA mesmo pela entrevista, pela simpatia e pela atenção! Obrigada novamente!!♡♡♡♡♡

E se você também quer compartilhar sua viagem com gente, entre em contato conosco pelos comentários!!!! :) 

Um super beijo,

10 comentários:

  1. Que legal!! Deve ser o paraíso dos cosméticos mesmo! Quando voltei ao Brasil vim pela Coréia e tbm não achei eles nada educados. Já que eles adoram "imitar" o Japão, deveriam tentar imitar a postura de atendimento tbm, isso sim. :P

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que vc voltou pela Coréia Lidia! Eu estou querendo muito ir para lá! E na questão atendimento nossa fiquei espantada, pensei que eles fossem mais educados sabe?! :)

      Excluir
  2. Nossa que legal! Amanda obrigada pela oportunidade de compartilhar um pouco da viagem, adorei! E boa sorte quando você for. Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada novamente Makie, foi muito legal saber mais sobre este país que fica tão pertinho da gente! Com certeza ainda quero dar um pulinho lá, vira e mexe tem promoções com vôos bem baratos, estou cogitando pegar um desses num fds qualquer!!! :)
      Super beijo querida!

      Excluir
  3. Ahhhh que legalll!! amo ver estas fotos e dicas de viagens!
    a Coreia deve ser mto legal! não deixa de ir...e depois vem contar pra gente!

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é parece ser um local incrível mesmo não?!♡♡♡

      Excluir
  4. Muito boas as dicas! Só de saber os nomes dos pontos turísticos já deu pra ter o ponto de partida! hehehe!
    Adorei!

    ResponderExcluir
  5. Olá Amanda!
    Adorando esses posts de entrevista, e esse destino é muito interessante, já que para nós que moramos aqui, os pacotes e passagens são bem em conta. Adorei a Makie mostrar um pouco da Coréia para nós. Que linda essa fonte do Rio Banpodegyo.
    Beijos
    Jaque
    http://aaventuracomeca.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou querendo muito ir pra lá ainda Jaque, vamos ver se dá certo ♡♡♡♡

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário, críticas ou sugestões para nós! É muito importante saber sua opinião!!
Muito obrigada por sua visita!