quarta-feira, 20 de junho de 2012

Minha história com a celulite - Parte 1

Como tudo começou...

Falar de celulite é algo muito comum nas rodas de mulheres. Problema que não é exclusividade somente das gordinhas, a celulite é causada por alterações no tecido gorduroso em conjunto com a deficiência  na micro circulação e no aumento do tecido fibroso. Em muitos casos, ela é decorrente de predisposição  genética familiar mas também pode ser causada por fatores hormonais, má alimentação, vida sedentária ou má circulação sangüínea. Um mix destes problemas é quase uma bomba relógio para o surgimento dos temíveis "furinhos". 

Os graus da celulite

Grau 1 
  • Ocorre um aumento de volume  das células do tecido gorduroso na região afetada ocasionado por acúmulo de gordura dentro da célula. 
  • Os famosos "buraquinhos" só são visíveis se a pele for comprimida. 
  • Se for tratada neste estágio, existe a possibilidade de 100% de melhora

Grau 2

  • Ocorre um maior “inchaço” das células gordurosas e detritos tóxicos, que deveriam ser eliminados, começam a ficar acumulados. O mau funcionamento da derme (camada intermediária da pele) começa a refletir na epiderme (a camada mais superficial).
  • Os furinhos já são perceptíveis sem precisar comprimir a pele.
  • Pode ocorrer o aparecimento de pontos arroxeados na região afetada e se a pele for apertada, fica amarelada devido ao acumulo de líquidos. Nesta fase, a chance de melhora é de até 80% .

Grau 3

  • As células continuam aumentando de volume por causa da contínua aquisição de gordura e edema.
  • O funcionamento da derme está comprometido. As fibras de colágeno e elastina estão endurecidas e formam emaranhados chamados fibroses (cicatrizes que repuxam e causam furinhos na superfície da pele)
  • Algumas regiões ficam inchadas, por causa do acúmulo de líquidos
  • Podem aparecer os vasinhos e microvarizes. 
  • A pele tem o aspecto parecido com “casca de laranja”. 
  • Ocorre a sensação de peso e cansaço nas pernas 
  • Neste estágio, é possível melhorar o estado da celulite em cerca de 60%

Grau 4

  • O inchaço desordenado das células gordurosas é acentuado, o tecido de sustentação se torna mais endurecido (fibroesclerose) e a circulação local de retorno, venosa está muito comprometida. 
  • A celulite fica visível até mesmo quando a pessoa esta com roupa. 
  • Nesse estágio, a Celulite é dura e a pele fica “lustrosa”, cheia de depressões, com aspecto acolchoado. 
  • As pernas ficam pesadas, inchadas, doloridas e a sensação de cansaço está freqüentemente presente, mesmo sem esforço. 
  • Nesta fase, a expectativa de melhora é de 30%   
Geralmente, a mulher apresenta vários estágios da celulite em diferentes pontos do corpo. O mais comum é o grau 3 no bumbum, o 2 nas coxas e o 1 na barriga. 


Meu caso com a celulite 

Deixando de lado a parte técnica do post, queria contar para vocês a minha história com a celulite. Se você é mulher e nunca teve celulite, parabéns! Você é a exceção, tenha certeza disso. Foram poucas as mulheres que conheci que não tinham nenhum furinho no bumbum ou nas coxas, mesmo as mais magras apresentam uma ou outra celulite. Tenho uma amiga querida no Brasil, a Thaís (beijos querida!!!) que tem um corpo escultural, de modelo mesmo, não tinha celulite mas sempre se preocupou em prevenir. Íamos a sessões de massagem aos sábados e era muito divertido. A Silvia mesmo magrinha vive preocupada em cuidar das celulites que ela diz que tem, rs. O caso é, mesmo que você não tenha, prevenir sempre é o melhor remédio. Mas voltando ao papo, para você que também já esteve ou está em guerra contra a balança, o assunto aqui pode parecer muito familiar.


No começo da minha adolescência nunca tive muitos problemas com o corpo. Desde que me conheço como gente pratiquei muitos esportes. Meus pais sempre incentivaram à vida ativa, então fiz quase 6 anos de ginastica olímpica e natação. Porém, chega aquela fase dos 14 até os 16, 17 que sua vida muda mais rápido do que se pode perceber, afinal o momento de decidir a carreira profissional se aproxima. Foi aí que comecei a engordar. Acho que na verdade desde os 13 anos para ser mais precisa, depois que parei de praticar esportes para me dedicar aos estudos que tudo degringolou de vez. 
O ponteiro da balança subia e com ele o famoso aspecto "casca de laranja"  ia aparecendo de leve nas minhas coxas. Contudo, comecei a praticar softball (o baseball feminino) e consegui emagrecer alguns quilinhos antes de vir para o Japão.
Chegando aqui na terrinha do sol nascente aí sim a coisa foi ladeira abaixo. Horas de trabalho em pé, às vezes sem poder nem se movimentar direito só pioraram a situação das minhas celulites. E mesmo quando comecei a trabalhar em escritório, passava 10, 12 horas sentada na mesma posição de frente para um computador, com os olhos ardendo e a perna dormente. Exercícios era coisa do outro mundo para mim, afinal de contas, onde que eu ia arrumar tempo de fazer alguma coisa trabalhando 14 horas por dia? E não demorou muito para eu ganhar uma bela hérnia de disco que me travava de tempos em tempos. Travava a ponto de ser carregada e não conseguir nem ir ao banheiro sozinha. 



 Nas consultas, o médico era curto e direto: emagreça ou então adoeça. Pois é, mas "onde que eu vou arrumar tempo" né? É claro, a gente arruma desculpas para tudo nesta vida. Se não é a falta de tempo, é o dinheiro, é o filho, é o marido, nunca é a gente com a nossa falta de força de vontade. E como um "bom" dekassegui  que se preze, o comodismo e conformismo sempre esteve presente no meu dia a dia. Ah! "Dá tanto trabalho fazer as coisas!" "Por que elas não caem do céu" não é verdade? Mas até que ponto vale a pena "se encostar"? Até que ponto vale realmente a pena escolher o caminho mais fácil? Empurrar as coisas com a barriga?
Pois bem, em meados de 2007, 2008 comecei a fazer aulas de aeróbica e localizada. Era divertido, mas falar que eu ia todo santo dia na academia seria uma mentira. Afinal eu trabalhava muuuuuuito, tinha acabado de começar minha faculdade, conciliar todas as atividades passou a ser quase impossível (mas uma vez o "espirito de dekassegui acomodado"  pairando pelo ar e me ajudando com inúmeras desculpas rs)
Neste meio tempo, minha hérnia melhorou bastante e as crises passaram a se tornar raras. Só que como nada dura para sempre, a gente "empurra aqui", "acomoda ali", reza para algum santo milagroso resolver todos os nossos problemas e paramos de tomar as atitudes que deveríamos tomar. E nesta pausa de atividade física na minha vida, má alimentação somado ao stress ganhei bons quilos e a celulite alastrou-se de maneira impetuosa.  
Nesse últimos anos posso listar aqui abaixo todos os cremes, loções, tônicos e óleos que já usei para combater o problema:
  • Advanced Body Creator Sculpting Gel da Shiseido 
  • Lift-Minceur Haute Définition Anti-Capiton Peau Lisse & Ferme da Clarins 
  • Elancyl 
  • Dior Svelte Reversal 
  • Dior Plasticity 
  • Nívea Bye Bye celulite
  • Os da O Boticário
  • O óleo da Weleda
E tem as rezas bravas também!!! Hahaha!

Deve ter muito mais produtos mas esses foram os que lembrei. Falar que senti alguma diferença posso até dizer que senti, mas melhora real e permanente mesmo creio que não. 
No começo deste ano fiz sessões de drenagem (um beijo para minha esteticista querida que é leitora do blog também!) e vi uma boa diferença. O ruim é conseguir continuar o tratamento com os horários que trabalho. A drenagem sozinha com certeza não faz milagres. E os resultados que estou vendo agora só apareceram com muita disciplina. Mas isso fica para a parte 2 do post pois este já ficou imenso!!!!
Então não perca a continuação pois vou apresentar o programa que realmente fez a diferença para mim! 

E quero também saber a história de vocês com a celulite!!! Conta pra gente aqui nos comentários!!

Um beijo,

9 comentários:

  1. Olha, celulite é uma praga mesmo né não? :(
    eu tive, e tenho muitas, desde os meus 12 anos, creio eu, pq eu era bem gordinha, ai depois cresci e emagreci, e eu tenho aquela tendencia de engorda e emagrece, então celulite é inevitavel... umas pragas, e o pior ainda é as estrias, na verdade nem sei qual é a pior, as duas rsrs
    até hoje nunca experimentei nada que realmente fizesse sucesso na minha pele.

    http://mundodasmulheresbrasil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luma, eu também não sei o que é pior sabe? Tenho os dois,estrias e celulite. A estria acaba sendo mais complicada para resolver pois uma simples massagem ou reeducação alimentar não fará com que as que já estão no nosso corpo desapareçam né? Complicado e triste menina mas não vamos desistir de nos cuidar :)

      Excluir
  2. Nossa, SUPER me identifiquei com sua história, sou igualzinha! Comecei a engordar depois dos 18, e aí já viu, celulite até no joelho né rsrs. Esse ano parei de dar desculpas pra mim mesma, me inscrevi na academia, e já estou tendo bons resultados, espero q continue assim =)

    Ansiosa pra ouvir a segunda parte da história rsrs

    Beijinhos!
    http://etcemari.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí que bacana Mari que você também esta malhando! Nada melhor para combater a celulite do que exercícios! E o bacana é que a gente consegue ver resultados de verdade né?

      Excluir
  3. Meu Deus, só quem tem uma grande concentração de celulite é que sabe a luta que é... Sem contar que nem que se ma pagassem, eu sairia por aí mostrando as pernas...rsrs
    Eu nem me lembro quando as minhas começaram a aparecer. Acho que elas sempre estiveram aqui e só depois do vinte que me dei conta. Mas sei que tudo piorou quando vim para o Japão. Como vc disse, horas e horas em pé, sem quase se movimentar é algo que contribuiu muito para isso.
    Mas nunca fui de usar cremes espeficos para isso. Até tenho um da avon mas quase nao o uso... O que eu sou fã mesmo são esses cremes para fazer massagem no corpo, principalmente esses que esquentam. Gosto deles pq além de "trabalharem" na parte de perda de medidas, acabam ajudando na celulite também. Desde que cheguei no Japão sempre comprei os daqui mesmo, seja de farmácia, seja esses potes profissionais.
    Fiquei emocionada com o beijo...rsrs
    Outro pra ti ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí que linda! :)))))
      Saudades de você, temos que marca mais sessões :) só preciso arrumar tempo menina :(
      Realmente Dani só quem tem que sabe como é triste. É muito chato você ir numa praia e não poder nem tirar a roupa de vergonha, ir no provador de uma loja e olhar triste para o espelho. Comprar uma saia e na ter coragem de usar. Infelizmente, é algo que está aí para nos atormentar mas não podemos desistir da gente né? :)
      Um super beijo :)

      Excluir
    2. Dani este da Avon eu também usei, um tubo de embalagem roxa, gostei bastante :)

      Excluir
  4. Isso Amanda, fala mesmo o que fez a diferença pq esse drama parece não ter fim!
    Eu nunca uso short ou saia curta.Praia então só de bermuda!Deus me livre mostrar minhas pernas com celulites e vasinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí Fabi nem me fale!!! Praia de biquíni é um sonho ainda longe para mim, mas não podemos desistir não é mesmo???? Confira a parte 2 e depois me conta o que você já usou também contra as suas celulites :)
      Bom trocar experiências :)

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário, críticas ou sugestões para nós! É muito importante saber sua opinião!!
Muito obrigada por sua visita!